Início » Alimentação natural para cães

Alimentação natural para cães

Alimentacao natural para caes

Olá, aumigos! Eu sou o Prince, um dos Ursinhos Chow Chow e um doguinho muito sabito. Por isso, nesse post quero latir sobre um assunto muito importante: a dieta pet! E vou contar tudo o que eu já aprendi sobre alimentação natural para cães! Você sabe o que é? Como funciona e quais os cuidados com a saúde do pet? Vamos entender tudo nesse post!

O que é Alimentação Natural?

Embora exista um vasto leque de opções de rações para cachorro secas e úmidas e de alta qualidade, muitos pais de cachorros preferem oferecer o que chamamos de alimentação natural para cães. Ou seja, comidinha fresca e variada. Isso acontece , em geral, por 2 motivos:

  • Evitar os aditivos químicos presentes na fabricação da ração, como conservantes, aromatizantes entre outros, presentes em muitas delas.
  • Evitar transgênicos, ainda presentes em muitas rações e que, embora não haja comprovações científicas de que fazem mão a nós, os cães, muitos pais preferem evitar por prevenção.
  • E porque muitos pais têm dó de oferecer ao seu pet sempre o mesmo alimento. Por isso optam pela alimentação natural que vai variar texturas e sabores.

Contudo, ao optar pela alimentação natural para cães é preciso entender o que é isso de verdade e quais as necessidades do pet para que ele consuma essa dieta e mantenha a qualidade nutricional! Por isso, o primeiro ponto é saber que alimentação natural para cães não é resto de comida de humanos e não se pode oferecer a mesma refeição humana para o pet. Somos espécies diferentes com necessidades e organismos diferentes e isso precisa ser respeitado.

Um cachorro precisa de 58 nutrientes diários para manter boa saúde. As rações super premium oferecem isso em suas fórmulas. Contudo, é muito difícil atingir esse nível tão elevado com alimentação natural. Isso porque não se consegue atender a todas essas necessidades apenas com legumes, vegetais, cereais e proteína animal. Então, é necessário fazer uma suplementação alimentar para garantir excelência na nutrição animal.

E como isso acontece? Para oferecer uma alimentação natural você precisa conversar com seu veterinário e fazer acompanhamento com ele.

7 Cuidados necessários com AN

Já deu para notar que você que é humano, vai ter um pouco mais de trabalho para oferecer alimentação natural para cães, certo? Então anote aí essa lista de dicas importantes para que essa transição alimentar seja um sucesso:

  1. Para definir como e se essa transição alimentar é possível, marque uma consulta com um veterinário nutricionista!
  2. O veterinário vai pedir um check up completo do seu cachorro para entender como está a saúde dele e quais nutrientes ele precisa. No Vetex você consegue fazer todos os exames necessários com máxima eficiência e o resultado sai no dia, ok?
  3. Com o checkup pronto, leve ao seu veterinário para que ele faça a leitura correta do resultado e indique o melhor tipo de alimentação natural para o seu cachorro e faça as orientações necessárias.
  4. Ele vai indicar um cardápio balanceado e que você deve seguir à risca, não só sobre os ingredientes e preparo da receita, como também em quantidades exatas pesadas na balança.
  5. Além disso, ele deve indicar suplemento alimentar para cachorro que vai ajudar o seu pet a manter os níveis de nutrientes importantes para a saúde, imunidade e bem-estar dele.
  6. Regularmente será necessário fazer exames para avaliação da saúde do pet e assim poder equilibrar a dieta de acordo com os resultados dos exames. O recomendado para um cãozinho saudável é que essa reavaliação aconteça a cada 4 meses.
  7. Outro ponto importante é que a decisão de trocar a dieta pet precisa ser pensada e uma decisão de longo prazo. Não é saudável para a gente que é cachorro comer AN esse mês, no próximo voltar para a ração, depois mudar de novo e assim vai. Nossa dieta é coisa séria e você precisa ser um tutor responsável.

Planejamento financeiro e tempo para AN

Além das dicas de cuidados sobre a saúde do seu pet, você precisa ter cuidado e  consultar a sua rotina em questão de tempo e dinheiro! AN não é para qualquer família, é preciso organização, poder aquisitivo e uma rotina que comporte esse estilo de vida.

Por isso, avalie bem se a sua rotina de tempo e financeira comporta essa decisão! Isso porque você vai precisar ter visitas ao veterinário com maior frequência, bem como ao supermercado e tempo de cozinha para preparar a alimentação natural do seu cachorro.

Por fim, a última dica é planejamento e logística da alimentação! Se a Ração acaba e você esqueceu de comprar, basta ir ao pet shop mais próximo e está resolvido, sendo que as grandes redes entregam em até 4hs na maioria das capitais. Mas a AN não pode acabar, você precisa se planejar e ter sempre o papá do seu cachorro pronto e fresco.

Cardápio: alimentação natural para cães

E como funcionam esses cardápios? A primeira coisa que o seu veterinário precisa definir é o tipo de alimentação natural para cães vocês vão adotar! isso porque existe pelo menos 4 opções mais conhecidas:

  • Cozida sem ossos
  • Cozida com ossos
  • Crua sem ossos
  • Crua com ossos

Após definir o tipo de alimentação e avaliar os resultados dos exames, o porte, peso e idade do pet, o veterinário nutricionista vai formular o cardápio do pet que deve conter níveis equilibrados de vitaminas, minerais e todos os nutrientes necessários que virão das receitinhas combinadas com a suplementação.

Cada pet vai ter um cardápio só seu. Por isso não adianta fazer a receita do aumigo, pois cada um tem suas necessidades e está num momento da vida. Embora pareça muito semelhante, o médico tem motivos para escolher proteína suína e não frango para um cachorro e ao contrário para o outro. Então, a troca aleatória dos ingredientes pode ser prejudicial para a saúde canina.

Com o cardápio e indicações em mãos você pode escolher entre cozinhar para o seu pet ou repassar para uma empresa de alimentação natural para cães e eles vão cozinhar, fracionar as porções e entregar na sua casa, em pacotinhos certinhos e congelados para o seu pet. Isso facilita muito em tempo dedicado, mas fica mais caro também. Então tudo depende do cenário e orçamento de cada família.

Outra opção é conversar com seu veterinário sobre a possibilidade de ele avaliar alguns cardápios disponíveis no mercado de comida pronta para cachorro. Pode ser que algum deles seja bom para o seu cachorro, facilitando o processo e pode ficar um pouco mais barato do que enviar seu cardápio exclusivo para uma cozinha pet.

Exames regulares para acompanhamento de AN

E quais são os tais exames regulares para acompanhamento da saúde do pet que consome alimentação natural para cães?  De novo, quem vai definir os exames necessários de acordo com a saúde do seu cachorro, é o veterinário. Mas em geral, alguns exames costumam ser comuns:

  • Hemograma: um exame de sangue para avaliar possibilidade de anemia, como estão as plaquetas e diagnosticar qualquer sinal de infecção.
  • Função renal e hepática: para entender como está a saúde dos rins e fígado do pet.
  • Colesterol: para saber como está o nível de gordura circulante.
  • Exames de Urina: para entender como está a saúde do sistema urinário, se há sinais de cristais, infecção etc.
  • Exames de fezes que ajudam a diagnosticar verminoses.

Salvo os exames de fezes e urina, é possível conseguir esse checkup fazendo o Perfil Check Up 2 do VETEX. Basta uma picadinha para retirar o sangue, com jejum prévio de 8 horas e pronto! No mesmo dia já temos o resultado do exame para levar ao veterinário e saber como está a saúde do pet!

E então, quem é adepto da Alimentação Natural para cães e quem pensa nessa possibilidade? Contem nos comentários e vão conversar!

3 comentários em “Alimentação natural para cães”

  1. Pingback: Qual ração é melhor? - Blog VETEX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *