Início » Leucemia em cães

Leucemia em cães

leucemia em caes

Fevereiro laranja é o mês e a campanha para conscientizar sobre os riscos, diagnóstico e tratamento de leucemia! A doença é grave, atinge os humanos, mas também os cachorros. E por isso, nesse post vamos entender mais sobre leucemia em cães, vem comigo?

Fevereiro Laranja e o que é Leucemia?

Leucemia é um tipo de câncer que acomete a medula óssea. Ela é responsável por gerar a produção contínua de novas células sanguíneas. Então, podemos considerar que a leucemia é um tipo de câncer do sangue e atinge os glóbulos brancos do sangue.

A leucemia em cães já é bem comum e mais frequente em cachorros jovens. Mas há um tipo específico chamado Mieloide que também atinge cães adultos e sênior. Importante também saber que não há uma predisposição em raças de cachorro. Por isso qualquer cão pode ter leucemia. Embora não se saiba a origem exata desse tipo de câncer, a ciência estuda a possibilidade de ser uma mutação do DNA do cachorro em células jovens que desregula essa produção, causando a leucemia.

Esse cenário ainda nebuloso, gera cada vez mais a necessidade dos tutores estarem sempre alerta para um rápido diagnóstico.

Sintomas da Leucemia em cães

Mas como suspeitar de leucemia em cães? O tutor pode ficar de orelha em pé se o pet apresentar algum desses sintomas:

  • Febre
  • Dor nas articulações
  • Fraqueza
  • perda de peso sem motivo aparente
  • Apatia
  • Aumento de linfonodos (gânglios).

Ao perceber qualquer desses sintomas, não espere evoluir, busque o mais rápido possível o seu veterinário para exames laboratoriais e diagnóstico rápido. Isso porque o câncer é uma doença grave, traiçoeira e letal. Então quanto antes diagnosticar e tratar, maiores a chances de salvar a vida do seu peludo!

Contudo, não é simples desconfiar de leucemia, visto que os sintomas são comuns a várias outras doenças e, principalmente, só aparecem em estágio mais avançado da leucemia em cães. Por isso é tão importante fazer visitas frequentes ao veterinário e bom check up pet.

Saiba mais sobre o passo a passo de um check up nesse vídeo do nosso canal do Youtube:

Como diagnosticar

O Diagnóstico de leucemia em cães é feito por exame de sangue detalhado e exame físico criterioso por parte do veterinário. No exame de sangue é importante observar a contagem dos leucócitos. Isso porque quando o hemograma mostra um volume muito alto de leucócitos, significa um descontrole da medulo óssea e o alerta para leucemia em cães deve ser ligado! Outro exame importante para o diagnóstico é o de imagem abdominal para entender como estão o fígado e o balo e assim entender também a imunidade do pet.

Se o seu veterinário desconfiar de leucemia, ele irá pedir uma biópsia e para isso será necessário anestesia o animal e colher material da medula óssea feito normalmente pela região do quadril do cachorro.

Caso o diagnóstico se confirme, é importante saber que o tratamento de leucemia em cães é bem diferente dos casos humanos. Isso porque em humanos pensamos rapidamente no transplante de medula. Inclusive a campanha do Fevereiro Laranja incentiva a doação de medula óssea para que os transplantes sejam possíveis salvando cada vez mais vidas.

Mas em cães o tratamento é feito com base em quimioterapia e medicações focadas em diminuir a intensidade das dores e dar qualidade de vida ao animal, durante o tratamento.

Se diagnosticado no início, o pet tem muitas chances de vida. Por isso é tão importante conhecer bem o seu animal, estar atento às reações e a qualquer mudança e manter o check up em dia. Mesmo que o pet esteja aparentemente maravilhoso, só um checkup completo pode te dar essa certeza e é um investimento maravilhoso para a saúde do seu pet!

E você, já fez o check up do seu pet esse semestre?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *