Início » Ômega 3 para cachorro: porque é importante?

Ômega 3 para cachorro: porque é importante?

omega 3 para cachorro-porque e importante

Oi, eu sou a Maya, a Ursinha Chow Chow! E assim como nos humanos, a longevidade canina é cada vez maior. E para que a gente que é cachorro tenha qualidade de vida, diversas pesquisas sobre terapias, alimentação e suplementação são feitas para garantir saúde e mobilidade, evitando problemas de saúde diversos ou tratando de forma cada vez mais eficaz por meio de diagnósticos eficientes como faz o VETEX. Uma das formas de suplementar a alimentação pet é com o uso de ômega 3 para cachorro. Você sabe como isso funciona e a importância dele? Vou te explicar tudo nesse post!

Longevidade canina

Há um tempo nós deixamos de ser animais externos e nos tornamos parte da família com todos os mimos, regalias e tratamento de um filho de 4 patas. Somados a isso temos a constante melhoria genética praticada por bons canis que cuidam para que seus filhotes tenham boa linhagem, saúde e longevidade. 

Essa fórmula tem proporcionado gerações de cães cada vez mais saudáveis, bem cuidados e vivendo mais e com qualidade de vida. Porém, é verdade também que nós passamos a ter novos problemas de saúde muito similares com os que os humanos já enfrentavam, tais como colesterol, diabetes, triglicérides e até o temido câncer. E então, os tratamentos para cura bem como as medidas preventivas são parecidas entre humanos e caninos, como por exemplo a suplementação alimentar para cachorro e exames laboratoriais de rotina, o famoso check up.

O que é suplemento para cachorro?

Assim como os humanos, nós, os pets, precisamos de cuidados com a saúde e o suplemento para cachorro é uma ótima forma de prevenir e fortificar o nosso organismo, proporcionando maior qualidade de vida, sem atacar os órgãos como fazem os remédios com efeitos colaterais, durante o tratamento (o famoso “mal necessário”).

Os suplementos de ômega 3 para cachorro são fontes de ácidos graxos concentrados que ajudam a promover saúde animal. Para isso, extrai-se do óleo de peixe e algumas algas que contêm alta concentração de EPA (ácido eicosapentaenóico) e/ou DHA (ácido docosahexaenóico). Atuam na redução de inflamações pelo corpo, dores em articulações (como é o caso de cães com displasias, como eu), aumento de massa muscular, controle de pressão arterial, circulação sanguínea, dando agilidade para os cães. Além de serem componentes importantes para as funções cerebrais e da retina do cachorro. E embora existam outras suplementações com fontes de vitamina, por exemplo, entre os suplementos mais importantes, está o ômega 3 para cachorro.

Para que serve o ômega 3 para cachorro

O ômega 3 representa uma das maiores deficiências nos nós, os cães. E por isso é altamente recomendada a suplementação destes pelos veterinários, devido a sua relevância para nossa vida pet, sobretudo para cães idosos. Pois o ômega 3 age diretamente na longevidade e qualidade de vida do cachorro.

Já há pesquisas que mostram a eficácia do Ômega 3 para cachorro como medida preventiva e no tratamento de doenças, inclusive algumas com altas taxas de mortalidade. Veja algumas doenças que já mostram melhora com o uso de suplementação alimentar para cachorro:

  • Dermatites caninas.
  • Osteoartrite e osteoporose.
  • Doenças cardiovasculares, como arritmias.
  • Problemas renais crônicos, como pedra nos rins e infecções renais.
  • Colesterol e triglicérides elevado.
  • Câncer.
  • Epilepsia.
  • Melhora a função cognitiva de cães idosos.
  • Fundamental no desenvolvimento de retina e desenvolvimento cerebral de filhotes.

Como oferecer Ômega 3 para o meu cachorro

A primeira coisa a ser observada é se a ração do seu pet já contém ômega 3. Normalmente rações super premium contém ômega 3 e 6 em suas formulações. Mas nem sempre a dosagem é o suficiente para o seu pet.

Então, observe as quantidades oferecidas pela ração e converse com o seu veterinário de confiança para que ele avalie qual dosagem de suplementação alimentar é a indicada para o porte, peso e idade do seu cachorro. 

Você também pode oferecer o ômega 3 humano. Porém a dosagem é diferente e precisamos estar atentos a isso. Por exemplo, um humano consume uma dose diária de cerca de 1200mg, enquanto um cachorro varia entre 500mg e 2000mg. Por isso é tão importante ter uma recomendação veterinária para iniciar essa suplementação.

Há restrição na aplicação de ômega 3 para animais?

A única restrição está no excesso de suplementação para o animal. Por isso siga a recomendação veterinária de doses diárias, sob o risco de, ao invés de ajudar, atrapalhar a nossa saúde canina. Isso porque o excesso de ômega 3 no organismo pode causar problemas na coagulação do sangue, imunidade, redução de vitamina E, além de prejudicar eventos inflamatórios no organismo.

Portanto, antes de começar a oferecer suplementos para o seu cachorro, faça como eu: vá ao seu veterinário para uma consulta de check up, converse com ele, faça os exames no VETEX para saber se está tudo bem e siga a orientação do seu médico veterinário para consumir os suplementos certos!

Aliás, se você nunca fez um check up pet, veja como funciona o passo a passo, nesse vídeo do Youtube do Vetex:

E você, usa algum tipo de suplementação alimentar como o Ômega 3 para cachorro? Me conta aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *