_________________________

Citologia

Selecione a técnica:

hemograma-exame-categoria-hematologia-laboratorio-veterinario-vetex

PUNÇÃO ASPIRATIVA POR AGULHA FINA

Amostra: nódulos, cistos, massas, linfonodos, órgãos.

Recipiente: lâmina de vidro acondicionada em porta-lâminas.

Conservação: temperatura ambiente.

Indicações: essa técnica utiliza agulha (25 x 7 – cinza) acoplada a seringa de 10 mL aspirando com pressão negativa em coletas de material citológico para auxílio diagnóstico e diferenciação de processos inflamatórios e neoplásicos.

Procedimento:

1. Realizar antissepsia do local.

2. Puxe o embolo da seringa preenchendo de ar até 1 mL e acople a agulha.

3. Introduza no local selecionado e puxe o êmbolo realizando movimentos em várias direções (punção em leque). Solte o êmbolo e retire a agulha.

4. Desacople a agulha e puxe o embolo até o final preenchendo toda a seringa com ar. Acople a agulha e coloque o material na lâmina. Após isso, com outra lâmina em cima deslize uma sobre a outra fazendo o “squash”.

citologia-puncao-aspirativa-agulha-fina-imprint-observacoes-exame-categoria-citopatologia-laboratorio-veterinario-vetex

5. Confeccione 3 a 6 lâminas, deixe secar naturalmente em temperatura ambiente e armazene no porta-lâminas.

6. Envie ao laboratório imediatamente.

hemograma-exame-categoria-hematologia-laboratorio-veterinario-vetex

CITOLOGIA POR AGULHA FINA

Amostra: nódulos, massas, linfonodos, órgãos.

Recipiente: lâmina de vidro acondicionada em porta-lâminas.

Conservação: temperatura ambiente.

Indicações: essa técnica utiliza agulha fina (25 x 7 – cinza) para migração celular por capilaridade na avaliação citológica. A seringa não é usada durante a coleta, somente após para auxiliar na transferência do material da agulha para a lâmina. Utilizada para auxiliar no diagnóstico e diferenciação entre processos inflamatórios e/ou neoplásicos. É indicada nos casos em que há sangramento no local da coleta.

Procedimento:

1. Realizar antissepsia do local.

2. Fixar agulha no local de coleta e penetrá-la, realizar movimentos em várias direções (punção em leque).

3. Retire a agulha, puxe o êmbolo da seringa preenchendo de ar até o final, acople a agulha na seringa e transfira o material para a lâmina.

4. Com outra lâmina em cima deslize uma sobre a outra fazendo um “squash”.

citologia-puncao-aspirativa-agulha-fina-imprint-observacoes-exame-categoria-citopatologia-laboratorio-veterinario-vetex

5. Confeccione 3 a 6 lâminas, deixando-as secar naturalmente, em seguida armazene no porta-lâminas.

6. Envie ao laboratório imediatamente.

hemograma-exame-categoria-hematologia-laboratorio-veterinario-vetex

SWAB E ESCARIFICAÇÃO

Amostra: secreção vaginal, auricular, lesões ulceradas ou em placas.

Recipiente: lâmina de vidro acondicionada em porta-lâminas.

Conservação: temperatura ambiente.

Indicações: essa técnica utiliza a esfoliação superficial celular para avaliação citológica como auxílio diagnóstico nos casos de dermatites, neoplasias, infecções bacterianas e fúngicas.

Procedimento:

1. Limpe o local com solução fisiológica.

2. Com uma escova cervical ou swab seco, faça movimentos de rolamento sobre o local selecionado.

3. Deslize a escova delicadamente sobre a lâmina.

4. Confeccione 3 a 6 lâminas, deixe secar em temperatura ambiente e acondicione no porta-lâminas.

5. Encaminhe imediatamente para o laboratório.



Fale Conosco whatsapp