Testosterona (RIE)

exame-categoria-bioquimicos-outros-laboratorio-veterinario-vetex

Amostra: soro.

Recipiente: tubo sem anticoagulante (tampa vermelha).

Conservação: refrigerado (2 a 8 °C) até 7 dias.

Indicações: a testosterona é produzida nos testículos. Sua secreção é regulada pelo hormônio liberador de gonadotropina (GnRH), do hipotálamo, e pelo hormônio luteinizante (LH), da pituitária. Estimula a espermatogênese, a libido e a diferenciação dos ductos de Wolff. Pode ser mensurada para diferenciar criptorquidismo bilateral de castração prévia, avaliar função testicular, espermatogênese e intersexo.

Observações:

1. Para avaliar criptorquidismo, recomenda-se o teste de estimulação com hCG, pois a secreção de testosterona ocorre em pulsos, portanto oscila, sendo que uma única amostra pode não ser representativa.

2. Progestinas, estrógenos e testosterona suprimem a liberação de GnRH e LH, consequentemente da testosterona.

3. Centrifugar e separar o soro rapidamente, em até 2 horas após a coleta.

4. Descartar a amostra em caso de hemólise ou lipemia acentuada.



Fale Conosco whatsapp